quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Resignação

Eu vou resolver as burocracias de salto alto, cabelo escovado, maquiagem no rosto, brincos e anéis. Eu vou a todos os lugares a que preciso ir. Eu levo os pequenos para brincar em parquinhos, restaurantes e na praia. Eu não uso o preto. Eu não ando de cabeça baixa. Eu não choro na frente das pessoas, eu não fico com a voz trêmula quando falo sobre isso. Eu reconto o que eu soube do dia do acidente, eu admito o caos financeiro e, se o interlocutor tiver paciência de ouvir, eu detalho toda a nossa história e nosso amor, sem lágrimas.

Mas quando eu fico sozinha, quando eu entro no carro, quando vou tomar banho, quando acordo de madrugada, eu esmoreço, eu choro de soluçar, eu fico com os olhos inchados, eu banho o lençol, a roupa, a toalha... Eu viro uma criança que não ganhou o presente que pediu ao Papai Noel. Eu me revolto com o mundo, com a injustiça, com Deus. Eu me revolto comigo e com o Thi também (Por que ele tinha de correr tanto? Por que ele tinha de ser tão imprudente?). Eu procuro respostas onde não tem. Eu procuro saídas milagrosas. Eu endoido pensando que bem que poderia existir um jeito de voltar no tempo e impedir que ele fosse, e demorar um pouco mais no telefone, ou ir com ele controlando a velocidade, ou...

Não há mais o que fazer. E eu vou deixando a vida me levar... Nessa quarta-feira de cinzas, o cinza invadiu meu lar.

9 comentários:

izabellibarros disse...

Vc vai conseguir...

izabellibarros disse...

Marcele, rezo para que a dor abrande o seu coração,para que vc consiga levantar e seguir mesmo faltando um pedaço de vc!!

Flavia disse...

Tb rezo muito amiga e não tem um dia sequer que não lembre de vocês. FORÇA!

C.L. disse...

Amiga, força, fé e paciência....a saudade e dor da ausência nunca vão passar, mas essa revolta, essa busca pelos porquês, se Deus quiser, vão. Porque como você mesma disse, não adianta ficar procurando....você vai ficar doida, sério mesmo e eu não quero minha amiga doida; com mais problemas ainda.

Reza que eu rezo daqui...e vai tudo dando certo...infelizmente hoje ainda não deu, mas assim q não depender de caronas (ou se conseguir uma) vou aí ficar com vocês, viu?

E sim, eu sei da história toda de amor de vocÊs, mas ouço e ouço sem cansar, pode contar o que você quiser, que eu sou toda ouvidos!

NÃO DUVIDE, VIU?

Beijos, Cele.

Kamyla disse...

Não quero deixar um dia passar em branco...mesmo quando vou para a cama caindod e sono e cansada, não deixo de rezar para vocês...
Aqui você se abre conosco e também tentamos lhe ajudar...
Pelo pouco que lhe conheço através do seu blog tenho certeza que você irá conseguir...
Muita força e continuo q recrutar ajuda!!!!!
Abraço forte...

ANNA CAMILA disse...

Muita energia positiva! Seja forte!

Izabel disse...

É difícil ir dormir e não conversar um pouco com vc...Pessoas que se amam,se cuidam apesar da dor que rasga o peito e destroe a alma.Esse seu jeito,de encarar a dor,olhando para sí,tentando colocar a vida dos pequenos em rítmo,é bem característico das pessoas que têem uma força interior e na maioria da vezes nem a percebem.Falar de seu amor,de sua perda,de sua dor,sem demonstrar emoção não diminue em nada e nem mensura seu sentimento.Esgote seu estoque de lágrimas da maneira que melhor for para sentir-se mais leve;se diante de alguém,ou sozinha;nos momentos íntimos,ou mesmo no corre-corre do dia à dia.
Faça como sempre fez,acredite nos seres humanos,na vida,e lute por retomar a sua vida.Não deixe a revolta lhe consumir;o que verdadeiramente aconteceu,só sabe quem estava lá...um dia saberás e sentirás que isso não é obra de Deus.Procure saídas para se reconstruir,e pode ter certeza...VC VAI CONSEGUIR!Tens um anjo da guarda maravilhoso,que ao lado do Pai não te deixará jamais.
O cinza que hj está em seu lar,será tomado pelo colorido do AMOR,DA VIDA,DA LUZ!!!

Livia Lessa disse...

Nada nem ninguem nesse momento de dor vai poder diminuir, mais DEUS vai te dar forças pra você superar tudo, voce tem amigos que estarão sempre ao seu lado( inclusive eu ), te ajudando, te apoiiando, te dando forças pra superar tudo que vinher daqui pra frente.
Pense tb nos seus pequenos, eles estao tb do seu lado e não ah nada que faça voce desistir de lutar, por que tem seus filhotes pra você cuidar, ainda sao pequeninos.

Que Deus te cubra de forças, que vc tenha uma quinta de paz!

Beijos.

narinha disse...

ô minha amiga, como eu também queria que o tempo voltasse, mas a vida é assim...em um segundo tudo pode acontecer, mas você é guerreira,Cele! Você é corajoja! Você éuma mãemaravilhosa e a cada dia se melhor ainda porque está desempenhando muito além do esperado a função de pai e mãe desses pequenos. Repito o que disse naquela longa conversa pelo msn, numa dessas madrugadas: Chore, Ensope o lençol, cheire as roupas dele, lembre dos momentos...desabe! Deixe o cansaço e o choro lhe consumirem por um tempo , até que você durma e, no dia seguinte, você estará um pouco melhor, mais forte,menos "pesada". Você vai ver que vai passar, TENHO CERTEZA!