segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Retorno à rotina

Essa pessoa que caminha nas ruas, batendo o salto no asfalto, com óculos gigantes no rosto e uma maxi-bolsa, essa pessoa é uma farsa.

Essa pessoa que dirige o carro preto, que vai e volta, que faz as refeições, que atende ligações e manda emails importantes. Essa pessoa também é uma farsa.

Não há nada de força, nem vitalidade, nem vontade, nem determinação... Não há mais quase nada nela. Restou-lhe apenas uma saudade doída e um amor imenso por duas criaturinhas que a impele pra frente, avante.

6 comentários:

narinha disse...

Não tem nada de farsa, é força!
Ser forte não significa não sofrer, não se acabar de chorar na frente dos outros. Ser forte, nesse caso, é seguir em frente, mesmo com tamanha dor. É conseguir pensar nos seus pequenos e conseguir levar a vida adiante , mesmo sentindo vontade não fazer mais nada!
Você é uma rocha,menina!
E nos momentos de fraqueza,nós, seus amigos, estaremos aqui pra te amparar.
Bjossss

Izabel disse...

Amor imenso...
É tudo o que move o ser humano verdadeiro,transparente,honesto.
E através não só desse amor,mas do grande amor,a vontade vai renascer,a determinação vai transparecer e até contaminar.
Um dia após o outro como vc mesma disse em tão lindas palavras.
A nós,mesmo de longe,cabem as orações ao nascer de cada dia...ou mesmo ao por do sol.
LUZ e PAZ!
Farsa nunca!

DRI disse...

Os pequenos vão te dar toda a força que tu precisa, tenha certeza!!!

Flavia disse...

Como disse a amiga acima: Não é nada farsa, é força! Força que vc e seus pequenos descobrirão a cada dia, como você mesma disse, um passo de cada vez!!!

Anna Caroline Nobre Gomes disse...

Forca foi a primeira palavra q veio na minha cabeca tb...isso tudo é forca p ir avante. Um passo novo a cada dia e cada dia de uma vez, mesmo qdo os passos parecem falsos ou os "progressos" pequenos demais. Cada dia de uma vez.

Abraco forte!

Mulher da peste disse...

Penso todos os dias em vocês...