quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Dezembro

Seja bem vindo, Dezembro, e, por favor, vá embora rápido. Se preciso for, colocarei vassouras atrás da porta, farei mandingas expulsatórias, pedirei reforço policial para mandá-lo embora. Seja bem vindo, Dezembro, mas tenha pressa em passar... Não precisa se demorar. Traga aquelas sensação boa de paz, deixe a solidariedade tocar os corações, mas não precisa me lembrar das faltas e dos buracos que foram plantados dentro de mim. Ai, Dezembro, eu sempre aguardei ansiosamente a sua chegada. Eu sempre adorei o clima que o acompanhava, mas é que agora eu mal consigo me manter sobre meus pés. Então corre, Dezembro, para a porta de saída. Não precisa se esticar com preguiça nem permanecer acalentando corações. Sua chegada traz recordações que eu nem quero ter e faz bater aqui dentro, mais pesado que tudo, a saudade do que não existe mais. Vai, Dezembro, vai rapidinho lá para a curva do caminho em que o que passou fica para trás e tudo que há à frente é um mistério a ser desvendado, com fumaça de felicidade e suspiros de boas novas.

7 comentários:

Anônimo disse...

Esse texto mais parece um poema.. meio triste, mas um poema. Se eu fosse tu eu transformava num... E não precisa aceitar esse coment., não viu?

L@N disse...

Amém

Este ano eu me casei, este ano me divorciei.
Eu sonhei, acreditei, chorei de felicidade mais chorei muito mais da dor da saudade.

Tudo que mais peço nos ultimos dias é realmente isto.

Acabe logo, por favor acabe logo e tão depressa, se passe o aniversário do casamento que nunca existiu.
Meu ano de 2011, seria muito melhor se começasse em Fevereiro.

Beijos querida muita paz pra vc

L@N

Anônimo disse...

Compartilho com vc este sentimento: se depender tb de mim: vai-te embora dezembro!!!
bj.
Paula

Mirys + Guigo + Nina disse...

Cele:

Resolvi me inspirar e me alegrar nesse fim de ano. Não vamos estar com nossos maridos, mesmo, e ficar tristes não vai mudar essa situação...

Então, lancei um desafio lá no blog.
Se puder e quiser, faça um link daqui pra lá, para que a gente consiga juntar o maior número de pessoas possível querendo tornar dezembro mais feliz!
http://diariodos3mosqueteiros.blogspot.com/2010/12/25-coisas-imprescindiveis-na-vida.html

Bjos e bençãos.
Mirys

Anônimo disse...

Lindos textos! O dezembro e o metalinguagem me tocaram profundamente! Força e fé, Cele!
Bjo no coração!

Nathália

A mãe do Danillo disse...

Eu tb quero muito que Dezembro vá embora, muitooooo....passei por uma separação(que pra mim foi minha morte interna), depois de 7 anos juntos, tenho um filho de 1 ano, e não consigo passar o tal espirito de Natal para ele, passa Dezembro, passa voando, por favor...bjs...e força, muita força....

izabelli barros de barros disse...

Eu e todos que fazem o CAPS-II Limoeiro continuamos torcendo por vcs