quarta-feira, 27 de abril de 2011

É saudade, então...*

A saudade que eu sinto hoje é uma saudade mais leve se comparada àquela lá do começo disso. É uma saudade que, vez ou outra, senta na minha sala e me faz respirar curtinho, derramar lágrimas e olhar nossas fotos de ontens bem felizes. Essa saudade de hoje está bem longe de ser devastadora, bem longe de ser aniquiladora e prostrante. É saudade de um tempo em que as coisas eram felizes, eram calmas, eram certas. Saudade da sensação de ter alguém para/por você, alguém em que se confiava e se sabia. Alguém cujo olhar era leitura e compreensão. Alguém cuja mão encaixava perfeitamente na curva da sua cintura e por sobre quem sua perna descansava os dias. Saudade da certeza do carinho, do abraço, do cafuné, do beijo doce. Saudade da convicção do amor, da reciprocidade, do mutualismo da relação. Saudade de estar, de dividir, de fazer amor. Saudade de saber que alguém tem os braços permanentemente abertos para você e que é nesse exato refúgio que você encontra amparo e proteção. Saudade do compromisso que unia sem peso, da repetição diária da intenção de eternidade, da segurança oriunda da paz que só o amor é capaz. Saudade de ser amada assim, inteira, com olheiras, com o mau hálito, com os cabelos desgrenhados porque dormira com eles molhados... Saudade de ser de alguém, sem joguetes, sem esquemas, sem nada mais. Saudade de dividir a vida, de ser prioridade e a mulher mais incrível para alguém. Saudade de um amor que não sei nem se vou ter outra vez, mas que valeu a pena ter tido.

*"É saudade, então
E mais uma vez
De você fiz o desenho
Mais perfeito que se fez"
(Acrilic on Kanvas - Legião Urbana)

4 comentários:

Ale Rodrigues disse...

Essa música é linda.
Seu post está lindo.

Isabelle disse...

Marcele,
Uma coisa é certa: tem gente que passa a vida toda e não tem a oportunidade de ser amada assim.
Você teve e tem muito que se orgulhar desse amor, do que viveram e dos lindos frutos...
Beijos!

Mirys + Guigo + Nina disse...

Ôh se valeu, amiga! Ôh se valeu!!!

E eu adoro legião, então... sou suspeita pra falar do post de hoje...

Bjos e bençãos.
Mirys
http://diariodos3mosqueteiros.blogspot.com/2011/04/mamarazzi-week-preparem-se-diario-da.html

Anônimo disse...

Esse post está incrível, Marcele. Passei o dia hoje sentindo punhaladas de saudade de um amor do passado. Navegando por aqui, qual não foi minha surpresa ao ler o seu texto tratando do mesmo tema: saudade de amar e ser amada, saudade de tempos felizes. O arremate com Acrilic on Canvas foi perfeito.
Beijos e tudo de bom sempre.