domingo, 21 de março de 2010

Cartas para você IX

Thi,

A perspectiva da vida inteira sem você é muito dura. Mas esse final de semana, em particular, foi uma prova difícilima de passar. Sexta foi o casamento do Heitor, Thi. Sua turma toda, muitos dos seus melhores amigos, uma festa que também seria sua, uma daquelas em que chegaríamos de manhã em casa, você daria trabalho até para sair do carro de tão bêbado... Estar lá sem você era uma tortura, era doloroso, era à flor da pele, era à queima roupa. Assistir à cerimônia me doeu por sentir também a frustração de não ter dado tempo para a nossa. A sua ausência foi uma presença gigantesca, que gritava e se debatia, durante a festa toda.

E eu bebi, meu amor. Não tinha como ser diferente. Eu bebi para me encher, para esquecer, para conseguir dançar, para sair da mesa... Eu bebi e brindei com seus amigos à você, levantando as taças para o alto. Eu bebi porque era o que eu faria com você aqui. Eu bebi e, em determinado momento, o Rochinha veio me dizer que sentia muito e que não sabia como demonstrar e, daí em diante, eu fiquei com um lenço nas mãos, porque as lágrimas vieram aos borbotões e ajudaram a saudade se transformar em embriaguez. O Saboia disse que você fazia falta demais naquele momento e a gente não conseguiu mais dizer nada depois disso. Eram lágrimas de saudade, meu amor.

Não havia ninguém ali, no nosso grupinho, que não estivesse lembrando de você, da sua risada gostosa, do suor que com certeza encharcaria sua roupa e me tiraria a maquiagem, da sua alegria ao dançar as músicas de axé e forró, da sua simpatia, do seu carinho... Ah, como me doeu não ter você! Dói demais! E nós, eu e os pequenos, somos agora herdeiros de uma multidão de amor que, antes, era dedicado a você. Eu vejo a delicadeza das pessoas para com a gente. Eu vejo o amor transformado. Eu sinto, Thi.

Batemos uma foto dos "Thiagos", eu representei você. Porque não dá para excluir o Castro, não dá para esquecer o Gancho, não dá para estar naquela festa sem vir tudo isso à mente. Aquilo ali era tudo o que você mais adorava fazer, as pessoas que você amava. Certeza que você justificaria seu porre com um "Mas era o único fim de semana do Saboia e da Dea aqui e ainda era o casamento do Heitor, Cele", eu quase consigo ouvir sua voz. Certeza de que a gente acordaria no dia seguinte, de tarde, sem força para nada. Certeza de que comentaríamos a festa à exaustão. Certeza!

Você esteve lá, Thi?

No sábado, fez dois meses da sua ida. E a dor da noite anterior ainda doía de maneira mais branda, sem a influência do alcool. Outro casamento, outras pessoas. Agora os amigos eram meus. Agora a festa era minha. Foi mais fácil. Eu não precisei me afogar na bebida. Eu descobri, bebeim, que através disso aqui eu tenho feito pessoas refletirem sobre a vida. A escrita tem aproximado um mundo de gente de mim. Na festa do Braulio, eu conheci uma pessoa que se diz minha fã e que, de longe, tá torcendo por nós três. Num é lindo, isso? Num é para deixar a gente envaidecido e quase feliz?

Para terminar, eu sonhei com você essa manhã. Você tinha sofrido o acidente, você tinha ficado internado, mas já estava bem, em casa. Nós dois conversávamos sentados no chão do quarto dos pequenos. Felizes, sorridentes e cúmplices como sempre. Eu perguntava como tinha sido, queria saber se você estava distraído, e você me respondia que estava muito rápido mesmo, que não viu o outro carrro e que não se lembrava de nada. Só isso, bebeim. Aos poucos as respostas para todas as minhas dúvidas vão aparecendo.

Eu amo você demais também!

Moreninha

PS: Nas nossas reconciliações, eu sempre cantava esa música. Agora, ela tá na trilha sonora de alguma novela:

"Só você pra dar à minha vida direção,
o tom, a cor,
me fez voltar a ver a luz.
Estrela no deserto a me guiar,
farol no mar da incerteza.
Um dia, um adeus,
eu indo embora.
Quanta loucura
por tão pouca aventura!
Agora entendo:
andei perdido.
O que é que eu faço
para você me perdoar?
Que bom seria
se eu pudesse te abraçar,
beijar, sentir, como a primeira vez.
Te dar o carinho
que você merece ter.
Eu sei te amar
como ninguém mais.
Ninguém mais,
como ninguém jamais te amou.
Ninguém jamais te amou
como eu"


____________________________________________________

A rifa continua firme e forte. Quem quiser comprar ou vender pontos, só mandar email que eu explico.



Coloque sua foto num tema anos 60, 70 e 80. Conheça o novo site de I Love Messenger.

13 comentários:

Kamyla disse...

Imagino como foi duro esse reencontro, mas vc me sujrpreende a cada leituta, com sua força e determinação!!!!!
Acredite nos sonhos...literalmente, nesses sonhos q vc sonha com ele!!!
Super abraço e fiquem bem!!!

Soraya disse...

VC se supera a cada dia e assim vai ser durante toda a sua vida .
abraçosssssssssssssssss
FORÇA E FÉ !!!!!!!!
BJÃO

helena disse...

Marcele:
Não sei se você lembra de mim...
Sou amiga da Gisele,colega dela de residência, e estive no aniversário dela em Janeiro...
Até então não conhecia vocês.Conversamos pouco(eu e o meu marido) com você e o Thiago, mas pude perceber só naquela conversa, o quanto vocês eram pessoas felizes, simpáticas, do bem...
E quando soube do que conteceu com o Thiago,uns 15 dias depois, fiquei impressionada, passei alguns dias realmente sem acreditar! E não consegui mais parar de ler as suas postagens no blog...
Como você escreve bem, e como consegue expressar os seus sentimentos!!!
Mesmo sem te conhecer direito, consegui me aproximar um pouco de você,e compartilhei um pouco suas angústias, seu sofrimento, chorei muitas vezes lendo os seus textos...
Te admiro muito!
Desejo a você e aos seus filhos muita força, muita garra, e que Deus os ilumine sempre!
Abraço grande,
Helena

Izabel disse...

Mais uma vez Moreninha,vc surpreende!
Enfrenta,chora,curte,tem saudades,mas está lá...vive!!!
E sabe por que? A força,a garra,a determinação,a vontade de realizar,a LUZ,está dentro de vc!
Tudo o que é do Pai,e vem do pai;é discreto,singelo,simples,natural,
VERDADEIRO,imperceptível!
A saudade com certeza é gde,a falta...nem se fala;mas o amor construido,e gerado,é real,está entre nós, e vc o fará vivo,construtivo,nas suas atitudes,no seu viver,no seu conviver!
Que o bom Deus te ilumine SEMPRE!
Teu anjo Thi,cheio de orgulho e paz,com certeza ao teu lado,fará de seus caminhos,uma estrada de aprendizado,conquistas e muito amor.
Bjim no coração!

Anônimo disse...

Com certeza, Marcele, ler seus escritos nos faz refletir sobre a vida, pensar se nossos problemas são realmente difíceis, sem solução, como as vezes imaginamos. Além disso, é uma forma de está perto de você, de acompanhar sua garra e superação a cada dia. Continuo torcendo e rezando por você e seus filhotes!
beijosss
Kelly Nantua

Idê Maciel disse...

Cele, acredite nos sonhos. A Bíblia está repleta de sonhos que direcionaram a vida do povo de Deus. Sonhos são a grande possibilidade de comunicação entre Deus e suas criaturas. Pode acreditar: esse seu sonho é a VERDADE sobre o acidente e, de acordo com ele, seu Thiago esta bem, sim. Quero também dizer que desde sexta-feira esperava um novo post e que,neste, chorei com voces... Bjs

ANNA CAMILA disse...

Muita força! Paz! Vocês estão conseguindo! Bjus!

Idê Maciel disse...

Voltei aqui para tornar pública minha constatação do toque de Deus em sua vida... Você não crê... Nem tudo está perdido. Por que? Porque [exceto uma vez] eu nunca vi você blasfemar... Você tem saudade do seu Thi, não reza por ele, mas acredita nas visitas que ele lhe faz, em sonhos! Você ensina certinho aos pequenos sobre os conceitos de vida, morte, eternidade, amor, união, respeito. O mundo Cele, está cheio de gente que tem fé, mas espalha tanta coisa ruim: inveja, ciúme, rancor... E sem se humilhar, há humildade nos seus atos e gestos... No reino de Deus, Filha, não tem lugar para os orgulhosos. É o único "senão" que
emperra a participação no mundo celeste. Espero que você entenda um dia, talvez, quem sabe... Continuo na torcida para que a porta se abra e a cegueira espiritual se dissipe...Bjs com todo nosso amor eu, ele, o seu Anjo da Guarda e ELE!!!

M Weynes disse...

olha o meu gata www.mwpensata.blogspot.com

Anna Caroline Nobre Gomes disse...

Uma semana cheia de luz!

Sofia disse...

Quem sabe esse sonho era ele mesmo dizendo o que aconteceu e que está bem !!!! Bjoss

Janaina disse...

Marcele vc não me conhece, eu entrei no seu orkut por acaso e através dele descobri seu blog.Depois criei coragem e pedi pra ser adicionada no orkut. Fiquei comovida e encantada com suas palavras e com certeza tb sou sua fã. Ainda vou pedir pra que vc autografe um livro escrito por VC. Bjão!

Kiteria disse...

Eu tb estava no casamento do Heitor e te vi, te reconheci, quis falar com vc mas tive vergonha... ia ter que tocar no nome do Thiago e nao queria q vc ficasse triste pois naquele momento vc estava aparentemente bem, bonita e sorrindo... depois te vi deitada na mesa e fiquei preocupada... nao devo imaginar, ninguem deve, o tamanho da dor q vc esta sentindo, peço a Deus que conforte a vc e aos pequenos.... um abraço!