domingo, 15 de agosto de 2010

Tudo muda o tempo todo no mundo II

">"Tudo muda o tempo todo no mundo..."
Eu era filha, eu era mãe, e hoje sou pai e mãe.
Eu era namodeira, era esposa, hoje eu sou viúva.
Eu era independente, eu tinha quem dependesse de mim, e hoje quem dependa exclusivamente de mim.
Eu assumia riscos, eu assumia as consequencias e continuo com o fardo de ambos nas costas.
Eu era comunista, eu era consumista, hoje sou economista.
Eu era ingênua, eu babava com a ingenuidade, hoje eu ensino perspicácia.
Eu corria riscos, eu protegia os pequenos dos riscos, agora eu me arrisco.
Eu me preocupava com provas finais, em ter dinheiro no final do mês, e agora eu preciso de muito mais que dinheiro, eu preciso de tempo.
Eu virava noites em baladas, depois embalando, e hoje viro as noites organizando a vida.
Eu bebia para sorrir, eu sorria para bebês, e agora eu bebo pra esquecer meus "pobremas" e sentir diminuir o peso nas costas.
Eu andava de bicicleta e sigo guiando quatro rodas.
Eu nadava na piscina do prédio, eu levava às aulas de natação, e hoje eu vou ensinar a nadar na piscina do prédio.
Eu corria na praia, eu construía castelos de areia e hoje eu tenho que fazer diamante com a areia que sobrou nas mãos.
Eu não canso de repetir: a vida mudou e eu não sei mais onde é meu lugar, mas eu vou seguindo em frente até encontrar.

sábado, 15 de agosto de 2009


"Tudo muda o tempo todo no mundo..."

Eu era filha, hoje sou mãe.
Eu era namoradeira, hoje sou esposa.
Eu era independente, hoje tem quem dependa de mim.
Eu era inconsequente, hoje assumo todas as consequencias.
Eu era comunista, hoje sou consumista.
Eu era ingênua, hoje babo com a ingenuidade.
Eu assumia riscos, hoje eu protejo os pequenos deles.
Eu me preocupava com provas finais, hoje, em ter dinheiro no fim do mês.
Eu virava noites em baladas, hoje viro noites embalando.
Eu bebia para sorrir, hoje eu sorrio para bebês.
Eu andava de bicicleta, hoje eu vou guiando quatro rodas.
Eu nadava na piscina do prédio, hoje eu levo às aulas de natação.
Eu corria na praia, hoje eu construo castelos na areia.

Eu não canso de repetir: a vida mudou e eu encontrei o meu lugar.
Domingo, 15 de Agosto de 2010

6 comentários:

Anônimo disse...

Sabe, Marcele... Acho que vc já encontrou o seu lugar. Acho que o seu lugar é como mãe exemplar dos seus pequenos. Acho que o seu lugar é no coração de todos aqueles que vc conquistou com suas palavras, com suas reflexões, com seus conflitos, com suas lições, com sua vida... Algumas vezes somos obrigados a participar de uma dança das cadeiras. No entanto, por mais difícil que possa parecer, vc jamais será aquela que sobrou sem uma cadeira. Sua cadeira sempre estará lá. Seu lugar sempre estará lá... Pra cima e pra frente sempre! Beijo, querida!

Stephane Matos disse...

A gente nunca sabe realmente onde é nosso lugar, eu acho. E quando a gente ACHA que sabe, vem a vida e MUDA TUDO, revira, põe ao avesso, de ponta cabeça.... não existe constância que dure por muito tempo.
Mas dizem que isso é a parte boa da vida - a surpresa. As possibilidades, infinitas. Nem sempre boas, mas sempre POSSIVELMENTE boas.
Enfim, escrever um blog é sensacional, porque faz a gente realmente ver como as coisas mudam por uma ótica extraordinária. Eu só entendo afora que estou no fim do meu Projeto. Sinceramente, as vezes, me emociono vendo aquilo ali... e olha que não é nem um ano, imagina pra vc que já posta a tanto tempo!

Stephane Matos disse...

** AGORA! não afora... lol! LOL
devia dar pra EDITAR post! :P

Anônimo disse...

Ei, Té, temos a chance de vizualizar antes de postar... daí a gente pode ver os "errinhos".
E eu sempre digo, Cele, graças a Deus que não somos produtos acabados e podemos crescer muito por dentro todo dia e o tempo todo no mundo.Idê

Tay disse...

A sua força,a sua fé...é contagiante.Vc merece td de bom, td vai ficar bem se Deus kiser.
Bjs Tay

Sofia disse...

Nossa Marcele, como as coisas mudam. E isso serve para vermos que nada é eterno, nada é concreto...Sempre pensei assim e hoje acredito ser certo, diante do meu ponto de vista.
Isso é mesmo uma LIÇÃO DE VIDA !!!