quinta-feira, 23 de setembro de 2010

A horta

Com as sementes semeadas, com a terra adubada, mas sem agrotóxicos. Aliás, sem qualquer tóxico. Porque aqui a lavoura é orgânica, sabe? À moda antiga, se planta e se colhe. No tempo que leva, sem fertilizantes, sem conservantes, sem produtos pra inchar os alimentos e dar a eles cores mais brilhantes. Aqui, se espera o tempo certo para as coisas acontecerem. Aqui se prepara a terra e se deixa brotar as sementes. Com sol e com chuva. Aqui há preocupação com o meio ambiente e com o solo em que se planta, com o mundo ao redor. O lucro não é o objetivo principal, mas o prazer de ver a natureza agir, sim. Assim, teremos alimentos naturais e saborosos. É o que se espera. Tudo que o agricultor podia fazer foi feito. Agora é espera que chova o tanto certo e que essa chuva nunca seja ácida.

3 comentários:

Sofia disse...

E que assim seja.... E assim será !!!!

Anônimo disse...

Marcele!

Mas que dom é esse? Lindas palavras... sabedoria de vida traduzida em texto.

Beijos e já saudade

Marisa Rocha/Osasco-SP

Uiara disse...

Amém !
Bom domingo