terça-feira, 9 de março de 2010

Cartas para você VI

Thi,

Eu tenho que admitir que o tempo está passando muito rápido. Eu tenho que admitir que, de alguma forma, o meu desejo de que 2010 se vá o quanto antes tem sido atendido. Eu tenho que admitir que eu me sinto como uma pessoa que estava curtindo a festa, dançando feliz e cantando alto a música, e, de repente, vê uma briga acontecer ao seu redor, com cadeiras, garrafas e tiros voando. Eu sou essa pessoa que sai correndo sem olhar para trás, que foge do epicentro da confusão para se salvar, que não serve para testemunhar em juízo porque não viu nada nem ninguém, porque não sabe nem onde estava antes nem como saiu de lá, só correu e sobreviveu.

Eu sobrevivi, Thi. Eu estou respirando fundo, com a coluna reta e encontrando motivos para sorrir. Eu sobrevivi e me tornei muito mais doce, mais humilde, mais atenta ao que realmente importa. Eu entendi coisas que você teimava em me fazer entender e eu não conseguia, Thi. Eu sei, eu sei, eu sempre descubro que você tinha razão depois. Você tinha, bebeim, você sempre teve razão.

Os pequenos estão cada vez mais lindos e você estava certo quando disse que eles seriam a melhor companhia um para o outro. Eles riem tanto juntos, meu amor. Tenho certeza de que, se você estivesse aqui, brincaria de cavalo com o Thomás nas costas, tentando pegar o monstro Matheus e tudo terminaria com os os três rolando no chão e gargalhando. Mas você deixou um para o outro, me deixou eles dois e nos deixou para sua mãe e irmã. A gente tem aprendido a encontrar saídas sem você, a gente tem se virado bem até aqui.

Ainda me sinto perdida, muitas vezes. Sinto muita falta da sua resolutividade e de seu cuidado. Sinto falta da sua presença na nossa casa, da sua voz, dos emails carinhosos, do cafuné e do ombro à noite, da perna em que eu repousava minha perna, das piadas mais bestas do mundo que me faziam rir. Sinto falta da nossa família, Thi, do que éramos e tínhamos juntos e dos inúmeros sonhos e projetos que ficaram soltos no ar. Porém, eu descobri que você não deixou um vazio em mim. Pelo contrário, você me tornou maior, você me encheu com o que havia de melhor em você. Eu herdei grande parte do que você é (ou era), eu herdei seus amigos tão queridos, eu herdei o amor das pessoas que amavam você, eu herdei a amizade de gente que eu nem conhecia antes disso tudo. Muitas heranças felizes. O que há de mais importante, meu amor, eu herdei.

Por isso tudo, por você, onde quer que esteja, eu sigo olhando para saída desse lugar em que viver dói. Eu tô chegando lá, meu amor!

Também amo você demais!

Moreninha

PS: "Faço longas cartas para ninguém e o inverno em 'Fortaleza' é quase glacial"


Fale com seus amigos do Messenger direto da Caixa de Entrada do Hotmail. Clique aqui

14 comentários:

Kamyla disse...

Marcele...suas cartas são emocionantes...e vc já está vendo coisas lindas através desses olhos que tantas lágrimas tem derramado...continue conversando através de cartas, continue dividindo conosco o que sente, o que supera e o que espera...
Energias sempre positivas.
Super abraço.

delma_fisio disse...

Marcele;
Só consigo dizer graças a deus, após ler seus 3 ultimos rescados do blog, agradeço a deus por vc está reagindo e isso me deixa muito feliz, não sei nem descrever a minha felicidade, em sentir que vc estar se recuperando. Graças a Deus.

Que deus continue lhe dando força.

Um grande abraço!

marcia disse...

Às vezes nós queremos consolar, o inconsolável...queremos encontrar as palavras certas...o olhar certo...o gesto certo...para desmonstrar os nossos sentimentos num momento tão difícil como este...Mas eu realmente nunca encontro, nunca sei se agi certo...Mas o TEMPO realmente é o remédio de tudo... Lembro que sempre quando estava triste, decepcionada com algo, a mamãe me dizia "O TEMPO É O REMÉDIO DE TUDO", mas sempre achava que nem o tempo seria capaz de tal pleito...Hoje, sou uma pessoa que acredita nesse remédio...Bjs

Anônimo disse...

A carta mais linda de todas... saudades de ti, curu! Espero que você esteja bem, esteja rindo, esteja vivendo! Te amo muito, viu... não importa a distância!!!!!!!!
Beijo grande, enorme, com muito carinho e saudade!

Anna Caroline Nobre Gomes disse...

Cele, meu coracao tá bem apertadinho, mas feliz em perceber que a sua dor e toda essa crise estao sofrendo uma metamorfose e que voce está saindo do saldo negativo.
Deus é grande e poderoso demais, a gente que é pequeno e descrente demais p acreditar e confiar.

Que Deus abencoe vcs cada dia e que preserve por perto os que cuidam de vcs.

abraco forte

Flavia disse...

Que dom maravilhoso vc tem menina! Um beijão

Idê Maciel disse...

... e é tão bom escrever aberta mente e sem subterfúgios.. Assim, direta, facil, transparente... Você por você... Deus abençoes a todos. Bjs bjs e 'to aqui!

Anônimo disse...

Vc é muuuuito fofa, Marcele!!!! Mais uma Linda carta!!!!

Deus continue te abençoando e q vc sinta o seu Thi em todas as suas boas lembranças e em todas as coisas Boas q surgirem daqui pra frente na vida de vcs!!!!
Beijoss... Weidi:)

Alê Crisóstomo Fotografia disse...

Cele... é bom ver quanta coisa boa o Thiago deixou para vocês três e para todos que o amavam. Fico orgulhosa em te ver desabrochar, mesmo sendo em um momento tão difícil. Sempre acreditei e torci por vc, por vcs... Estou por aqui. Conta comigo, como sempre tenho dito. Um super beijo!!!

Alê Crisóstomo Fotografia disse...

Como seria bom se realmente ele estivesse lendo tudo, de algum lugar... Quem sabe ele está... ?!

ANNA CAMILA disse...

Que alívio ler que você já consegue sorrir novamente! Muita paz no seu coração sempre! Bjokas nos pequenos!

ANNA CAMILA disse...

Que alívio ler que você já consegue sorrir novamente! Muita paz no seu coração sempre! Bjokas nos pequenos!

Izabel disse...

Deus permita que seu Thi esteja SIM,acompanhando cada carta sua,cada escrito,cada crescimento,cada constatação,cada emoção!
O homem criado pelo Pai,é aquele ser,que pensa no outro,que o trata como irmão,que divide,que ajuda,que dá a mão.
O amor,tão bem vivido em seu lar,é o maior desejo do Criador,para seus filhos;e toda essa herança maravilhosa que vc diz ter recebido,foi plantada,cultivada,vivida,dividida,por isso agora se faz VERDADE!
Todo seu crescimento,é fruto de amadurecimento,mas de amor tbém.
Vc vai conseguir junto com os pequenos,construir e viver esse amor,trabalhando a saudade de forma gostosa, e na maioria das vezes de forma alegre.Vc tem o que é primordial...família,amigos de verdade,e muitas,muitas orações e LUZ!
Bjim no coração!

narinha disse...

Ele está vendo tudo e com certeza, orgulhoso demais!