quarta-feira, 23 de março de 2011

De mudança

quarta-feira, 7 de Julho de 2010


De um universo a outro.

É difícil mudar de casa. Sair da casca. Deixar o quentinho do cobertor. Sair do banho e alcançar a toalha. Mudanças são contrastes de estados e, por isso, doloridas. É nascer de novo sair de uma relação para o vazio. Ou para outra. É preciso coragem e ruptura. É preciso acreditar. Comum permanecermos imóveis por mais que o suportável. Sair do banho e agachar enrolado na toalha, pensando na vida. Demorar um tempo até tomar coragem pra mudar de posição. Mudar é um parto, sempre. Mesmo que o novo mundo seja melhor. Diante do universo inteiro que se anuncia novo, ou de alguém que chegou de surpresa, muitas vezes nos acovardamos.

DAQUI: Amor e ponto
 
E num é que ela tem razão?

6 comentários:

Sentimentalidades-Todas disse...

Oi Marcele...
Enfim, mudar não é fácil, ainda que necessário.
O novo assusta, mesmo quando nele habitam mil possibilidades de se ser feliz.
Dificil ser gente, não?

Vou me atualizar nos seus novos cantinhos (novos ao menos p mim...rs)

Bjs
Mônica

My disse...

Adorei seu espeço...já estou te seguindo e adoraria ver vc lá no meu tbm!
http://cronicasdeanjos.blogspot.com/
bjs flor!

Melissa disse...

Com todas as letras e vírgulas!
Obrigada!!
Beijos

Silvana Alves disse...

primeira vez que passo aqui.. li um pouquinho e foi inevitável não amar seu cantinho...
fé... beijos

Anônimo disse...

Marcele,
Sabe quando a gente lê uma coisa e na hora pensa: "ahhh isso foi pra mim". Sabe? Pois é lindona...este texto foi pra mim,rsss...

Anônimo disse...

Verdade verdadeira! Eu vivo nessa de mudo ou não mudo, troco o certo pelo duvidoso? Bobeira minha mesmo.

Janaína